Castro Marim

Féria em Sotavento Algarvio no Rio Guadiana, a fronteira entre Portugal e Espanha: castelo e fortaleza, história, percursos de bicicleta, trilhos pedestres, excursões de barco, reserva natural do sapal de Castro Marim, campos de golfe...
Castro Marim
  • Distrito: Faro > Município: Castro Marim > Freguesia:
  • População: 2.200
  • Distâncias: Faro Aeroporto 66 km Lisboa Aeroporto 323 km

Castro Marim no distrito de Faro, no Algarve, é uma vila na fronteira com a Espanha. O emblemático Castelo de Castro Marim avista-se de longe na sua posição elevada sobre o monte do Castelo.


Castro Marim localização e accesso

Como chegar até Castro Marim

Castro Marim fica no Sotavento, no Rio Guadiana, rio fronteiriço entre Portugal e Espanha. Contudo, extensos sapais separam a cidade do rio.

Chega-se a Castro Marim através da autoestrada A22 (saída 18) e a Estrada Nacional 122, que leva de Vila Real de Santo António na direção norte. A Ponte Internacional do Guadiana, a única ponte rodoviária sobre o Guadiana no Algarve, passa a norte de Castro Marim, liga a região a Espanha e leva à autoestrada A49 para Sevilha.

A Linha do Algarve, linha férrea de via única, termina a poucos quilómetro de distância, na localidade vizinha de Vila Real de Santo António. A paragem mais próxima de autocarros da companhia EVA Transportes encontra-se na freguesia de Altura, no concelho de Castro Marim.


Desporto e lazer em Castro Marim

Atividades em Castro Marim

O nome de castro Marim tem a sua origem no Castelo, cuja edificação foi iniciada no tempo do reino dos mouros no Algarve. Mais tarde, cavaleiros de várias Ordens cristãs continuaram e completaram a obra do Castelo. Todos os anos em Agosto, os Dias Medievais de Castro Marim ressuscitam a memória e os costumes desse tempo longínquo num acampamento festivo com uma feira, torneios, espetáculos, música e trovadores medievais.

O museu arqueológico no Castelo vale a pena ser visitado. Das muralhas e ameias do Castelo abre-se uma vista panorâmica sobre a vila no sopé do monte do Castelo, sobre o Forte de São Sebastião, situado na colina oposta, e sobre a Reserva Natural do Sapal de Castro Marim, junto à foz do Rio Guadiana.

No Sapal protegido, distribuem-se conjuntos de salinas e tanques que não servem apenas para a colheita do Sal Tradicional. São também um refúgio para a avifauna. Sobretudo na primavera e em outono, esta zona é um destino distinto e recomendável.

A Casa do Sal, inaugurada em 2014 no centro da vila de Castro Marim é um espaço multimédia que mostra a rede de circuitos de visita à Reserva Natural do Sapal de Castro Marim e a biodiversidade das salinas. A Casa do Sal associa o ouro branco da região a atividades culturais, desportivas, musicais e artísticas e também tem uma área lúdica e educativa para o público mais novo. Além disso, dispõe de uma loja de produtos artesanais locais.

Os campos de golfe mais próximos pertencem ao Castro Marim Golf & Country Club e ao Quinta do Vale Resort. Na margem leste, em Espanha, ficam os campos do Costa Esuri Golf Club com 27 buracos e o campo do Isla Canela Golf.

Desde a foz do Guadiana perto de Vila Real de Santo António, passando Monte Gordo e Altura até a Manta Rota, praias arenosas intermináveis com uma infraestrutura excelente convidam quem não quer prescindir de um banho no mar.


Compras em Castro Marim

Fazer compras em Castro Marim

Na própria vila de Castro Marim pode-se comprar tudo o que se necessita diariamente. A diferença de preços e as diferentes taxas do IVA tornam vantajosa uma viagem de compras a Espanha. Na zona comercial de Ayamonte existem todos os tipos de lojas. Entre outras coisas, vendem-se aqui equipamentos e decoração para o lar, pneus e eletrodomésticos a preços bastante inferiores aos praticados em Portugal. O mesmo se aplica em relação à gasolina.


Nos arredores de Castro Marim

Nos arredres de Castro Marim: Rio Guadiana e Ayamonte

Castro Marim não fica diretamente na costa e o porto mais próximo está situado na marginal da cidade vizinha de Vila Real de Santo António. Excursões de barco rio acima tem início no cais ao lado, onde também atraca o ferryboat para Ayamonte na Espanha - a única ligação direta entre a cidade portuguesa e a cidade espanhola.

O terreno montanhoso nos arredores de Castro Marim, terra adentro no oeste do Guadiana, convida para caminhadas e tem percursos pedestres marcados. Também nesta zona ficam a Barragem de Odeleite e a Barragem de Beliche, que desempenham uma função importante no abastecimento de  água ao Algarve.


História de Castro Marim

A história de Castro Marim desde a Idade do Bronze

Escavações arqueológicas no monte do Castelo trouxeram à luz vestígios das povoações mais antigas, desde a Idade do Bronze. Mais tarde, este sítio foi habitado por fenícios, gregos e cartagineses. As partes mais antigas das muralhas originais datam do séc. VII a.c. O museu do Castelo fornece muita informação e material visual sobre esta história secular.

Na época romana, de Castro Marim, que então tinha o nome “Baesurii”, partiu a antiga estrada romana, que atravessou a região atual de Beja, continuando ao longo do rio Guadiana até Mértola.

Também visigodos e mouros sabiam usufruir da posição estratégica na foz do rio e instalaram aqui bases importantes. Contudo, a hipótese de que as fundações dentro das muralhas do Castelo são de origem árabe, não está cientificamente provada.

Em 1242, a Ordem de Santiago sob o comando do seu Mestre, D. Paio Peres Correia, reconquistou Castro Marim. Pela primeira vez, foi elevada a cidade em 1277, altura em que também começou a reconstrução da parte interior da fortificação, do Castelo Velho. Após extinção da Ordem dos Templários, a Ordem de Cristo herdou as propriedades da primeira e instalou a sua sede em Castro Marim.

Com a transferência da sede da Ordem de Cristo para Tomar, a cidade viu a diminuição da sua importância, que apenas na época dos Descobrimentos teve uma revivescência.

O terramoto de 1755 causou danos graves e atingiu também o Castelo. Um novo baluarte contra a Espanha foi necessário e na colina oposta foi construído o Forte de São Sebastião de Castro Marim.

Em 1910, por Decreto, o Castelo de Castro Marim foi classificado como Monumento Nacional. Em meados do séc. XX começaram o restauro e a recuperação.


Concelho de Castro Marim

O concelho de Castro Marim abrange a própria vila homónima e ainda a freguesia costeira de Altura, bem como as freguesias de Azinhal e de Odeleite, terra adentro. Em 2011, teve cerca de sete mil habitantes, sem alterações significativas em comparação com 2001.


Alojamentos Perto
Hotel Apolo Hotel Apolo
Tempo Castro Marim
As nossas Recomendações
Publicidade